Eclesiologia Eficaz

Eclesiologia é uma área de estudo em constante mutação fornecendo tanto ao clero quanto a leigos uma melhor compreensão do que significa ser Igreja de Cristo no mundo hoje.

Outras ciências como a Sociologia e Antropologia Cultural também ajudam os estudos de eclesiologia, fornecendo ferramentas eficazes que auxiliam a Igreja a melhor identificar-se e comunicar-se com a cultura em torno dela. Ferramentas como a Contextualização tem encurtado a distância entre a Igreja e a cultura, fazendo com que o estudo da eclesiologia seja crucial para a propagação do Evangelho por todo o mundo.

Embora estas ciências estejam sempre em constante transformação, a intenção deste post é se concentrar nas áreas imutáveis da Eclesiologia, tais como a natureza e a missão da Igreja.

A compreensão da natureza e missão da Igreja se estende para além dos entendimentos modernos da contextualização e plantação de igreja. Por uma questão de fato, como o ortopraxia da eclesiologia continua a mudar com os tempos, a sua ortodoxia permanece a mesma desde a própria instituição da Igreja pelo Senhor Jesus Cristo.

Simplificando, o termo grego para ἐκκλησίᾱ Igreja (ekklesia) significa uma assembléia ou congregação de pessoas com crenças compartilhadas que são chamados para fora em um lugar público. Ao olharmos para a Bíblia, somos capazes de ver que os primeiros sinais de ekklesia (como uma congregação em adoração a Deus) no Antigo Testamento, com a instituição do culto no Tabernáculo de Moisés.

Em Êxodo 25:8, vemos que a razão por trás da construção do Tabernáculo de Moisés foi para que Deus teria um santuário para a sua morada entre os povos. No Tabernáculo, Deus habitou entre o povo e a Sua glória se manifestou para toda a nação em torno dele. O mesmo aconteceu no Templo de Salomão centenas de anos depois, em que a instrução foi claramente dada para que a glória de Deus pudesse habitar entre o povo de Israel.

No Novo Testamento, o conceito do Deus que habita entre o Seu povo foi cumprido em Jesus, quando ele habitou no mundo e a plenitude da glória de Deus estava presente corporalmente nEle (Hb 1:3). Jesus se referiu a si mesmo como Betel, a Casa de Deus, onde os anjos sobem e descem (João 1:51). Ele também profetizou que durante a Sua morte e ressurreição que um novo templo seria construído, o que seria o seu corpo, chamado de Igreja de Cristo (João 2:19-21). A Igreja como Corpo de Cristo é o tabernáculo de Deu, o Seu santuário e o lugar de descanso de Sua glória no mundo de hoje.

No Antigo Testamento, quando os israelitas olhavam para o Tabernáculo eles eram capazes de ver a presença da glória de Deus sobre o mesmo 24 horas por dia. A nuvem estava sobre ele durante o dia e uma coluna de fogo no meio da fumaça durante a noite. Assim também hoje, a Igreja tem a responsabilidade de hospedar a presença de Deus para que sua glória seja manifesta ao mundo.

Também no Antigo Testamento, o Tabernáculo exigiu um trabalho cuidadoso e instruções precisas a fim de oferecer sacrifícios que fossem agradáveis ​​a Deus. No Novo Testamento, enquanto samaritanos e judeus discutiam sobre qual era o lugar de adoração, Jesus disse que não era nem em Jerusalém ou Sicar, mas que Deus estava procurando adoradores que O adoravam em espírito e verdade (João 4:23) .

Da mesma forma que os israelitas tinham de estar atentos com as suas ofertas de adoração na Tabernáculo, hoje a Igreja também deve ser muito cautelosa sobre como adoramos a Deus, pois a Palavra diz para: “não entristecermos o Espírito Santo”. (Ef 4:30)

A intenção de Deus para o Tabernáculo de Moisés e do Templo de Salomão era para que Sua glória fosse exibida ao mundo. A Igreja de Cristo compartilha nessa mesma natureza, quando nós congregamos num lugar público como grupo para expressar nossa fé e adoração.

A Eclesiologia Eficaz é aquela que cumpre o seu propósito, e o propósito é cumprido, uma vez que nos tornamos o que somos chamados a ser. O propósito de Deus o ajuntamento de seu povo (ekklesia) ainda é o mesmo hoje. Este é, mostrar a Sua glória ao mundo através de Sua Igreja. Como ortopraxia da Igreja muda constantemente, sua ortodoxia permanecerá a mesma para sempre.

Que a Igreja de Cristo no mundo possa realmente tonar-se um lugar para a habitação e a revelação da glória de Deus.

Deus te abençoe.

Related Posts