Que Estranho de Deus

Que estranho de Deus!

William N. Ewer uma vez falou; “Que estranho de Deus ter escolhido os judeus.” Ele falou isso por que Deus poderia ter escolhido a gloriosa Roma, os sábios gregos helenistas, os poderosos persas ou até as produtivas dinastias faraônicas.

Mas Deus escolheu os hebreus. Um povo nômade de criadores de gado sem muito para oferecer. O Dr. John Goldingay, uma das maiores autoridades em Antigo Testamento hoje e um antigo professor meu, costumava dizer que o Deus do AT escolhe os menosprezados.

Agora vá para o Novo Testamento. O Cristianismo começou como um movimento baseado no testemunho de alguns pescadores galileus. Durante os primeiros quatro séculos ele crescer predominantemente entre as camadas mais baixas da sociedade. Ele cresceu nas periferias dos grandes centros de poder.

O Cristianismo uniu judeus e gregos, homens e mulheres, escravos e livres. Ele reimaginou o mundo através da justiça e paz de Deus muitas vezes indo contra a cultura dos impérios à sua volta. Historicamente, aqui também parece que Deus escolheu o menosprezado, o desvalorizado e o improvável.

Neste mesmo pensamento podemos dizer; “Que estranho de Deus ter escolhido a igreja. Que estranho de Deus ter escolhido a mim.”

Deus te abençoe!

Related Posts